Turismo de Base Comunitária
no Cabula e Entorno

O Projeto Turismo de Base Comunitária no Cabula e entorno – TBC Cabula, elaborado e executado por equipe multi e interdisciplinar, vem, desde 2010, articulando pesquisa, ensino e extensão, com objetivo de construir com as comunidades do Antigo Quilombo Cabula, que compreende 17 bairros circunvizinhos à Universidade do Estado da Bahia (UNEB), caminhos alternativos para o desenvolvimento local sustentável, a partir do turismo de base comunitária e da ecossocioeconomia, mediante metodologia participativa sustentada na pesquisa-ação, na praxiologia e em pesquisa de desenvolvimento (DBR).

A perspectiva é mobilizar essas comunidades dos bairros – Arenoso, Arraial do Retiro, Beiru, Cabula, Doron, Engomadeira, Estrada das Barreiras, Fazenda Grande do Retiro, Mata Escura, Narandiba, Novo Horizonte, Pernambués, Resgate, Saboeiro, Saramandaia, São Gonçalo do Retiro e Sussuarana- para a formação e auto-gestão de redes sociais cooperadas e colaborativas tendo os bairros populares como locusde produção; construção coletiva de soluções criativas e inovadoras; valorização do patrimônio material e imaterial; elaboração de conhecimento e tecnologias sociais tendo como referência os saberes e práticas de povos de etnias indígenas, afrobrasileiros e de origens africana; convivência; e hospitalidade.

Esse projeto vem contando com apoio de instituições financiadoras como a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB); o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. E com parceiros, a exemplo das instituições de ensino básico, médio e superior, das redes municipais, estaduais e federais, locais, nacionais e internacionais; de representações das comunidades do Antigo Quilombo Cabula; e de pessoas físicas e jurídicas.

O projeto TBC Cabula vem sendo desenvolvido por equipe organizada em 14 Eixos Temáticos, que reúne voluntários; moradores das comunidades dos 17 bairros; técnicos da UNEB, a exemplo da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares/Núcleo de Cooperação e Ações em Políticas Públicas e Economia Solidária – ITCP/COAPPES/UNEB; estudantes de ensino médio e superior; professores e pesquisadores dos cursos de graduação em Turismo e Hotelaria, Letras, Comunicação, Direito, Enfermagem, Urbanismo, Administração, Educação,Design, Ciências Sociais, História, e de mestrado e doutorado dos Programas de Pós-Graduação em Políticas Públicas, Gestão do Conhecimento e Desenvolvimento Local, em Educação e Contemporaneidade (PPGEduC) e Doutorado Multi-Institucional e Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento (DMMDC).